Casa da Enceredaira

ABRAMPE, sugestão 2011

Haroldo Falcão

ABRAMPE
São Paulo - SP
Prezados Senhores,

1.A ABRAMPE, nos parece uma proposta muito importante para o intercâmbio entre os Empresários das Micros e Pequenas Empresas do Brasil, será que a mesma não poderia ampliar o seu objetivo e ganhar força representativa em todo o País.

2.A Rede Mundial de Computadores (a Internet) é uma ferramenta poderosa e democrática e poderia contribuir para uma união de forças jamais vista entre os Micros e Pequenas Empresários de todo o País.

3.A ABRAMPE, poderia organizar Seminários com Temas e Sugestões do interece Setoriais e do interesse Coletivo das Micros e Pequenas Empresas em todas as regiões do Brasil.

4.Poderíamos criar Comissões de Representantes em todas as regiões do Brasil através dos Associados da ABRAMPE para serem os Mantenedores dos Temas e das Sugestões aprovados nos SEMINÁRIOS Regionais, no FÓRUM Nacional e nos encontros com as Autoridades Municipais, Estaduais e do Setor  Privado, assim como, poderíamos ter também, uma comissão para nos Representar nos encontros com as Autoridades do Legislativo e do Executivo em nível Faderal.

Ex.: Apartir dos Temas e das Sugestões dos Seminários Regionais e Fórum Nacional, poderiam surgir iniciativas (idéias) empreendedoras para o Coletivo ou para alguns Setores das Micros e Pequenas Empresas a Comissão formada por  Representantes, poderia apresentá-las aos programas Socio/Econômicos dos Governos Municipais, Estaduais, Federal, ao SEBRAEs Regionais e Nacional, as Federações das Indústrias e as Federações do Comércio em todas as Regiões:

Só para darmos um exemplo, temos um Programa Economia Solidária do Governo Federal que não notamos a parcipação expressiva em niveis regionais ou nacional de algum Setor ou do Coletivo das Micros e Pequenas Empresas do nosso País.


HAROLDO FALCÃO
Manaus – AM.